MAIS UM CANCELAMENTO DE SIMPÓSIO SOBRE HTLV

Hoje fomos surpreendidos com um e-mail da Dra. Fernanda Grassi, informando do “adiamento” do XIII Simpósio Internacional de HTLV no Brasil, que aconteceria de 21 a 24 de novembro em Salvador-BA, por falta de apoio financeiro. Segue parte do e-mail que recebemos.

“Fizemos um grande esforço para montar o programa, com a valiosa ajuda de todos, confirmar a participação de convidados nacionais e internacionais, reservar um centro de convenções e toda a estrutura de apoio, organizar alternativas de hospedagem, transporte, atividades culturais etc. Montamos o site do congresso (em português e inglês), organizamos  o programa para um evento satélite para treinamento de profissionais de saúde da rede SUS no cuidado do paciente. Enfim, fizemos nosso melhor para realizar um evento proveitoso para estudantes, profissionais, pacientes e pesquisadores.

Solicitamos apoio do CNPq, Fapesb e Secretaria Estadual de Saúde do estado da Bahia no início do ano. Até o momento tivemos apenas a aprovação da verba solicitada à Fapesb (menos de 30 mil reais). Ontem estive na Fapesb e fui informada que devido a restrições orçamentárias, não há certeza de receber o financiamento. E caso ocorra a liberação da verba, isso ocorrerá cerca de 2 semanas antes do simpósio.”

Após todo processo e desgaste que envolve a construção de um evento internacional, a equipe foi obrigada a tomar esta amarga decisão.

Estamos muito consternados com o que está acontecendo.
Nossa política (suja) pública de distribuição de verbas para eventos tem dois pesos e duas medidas. Para o HIV, Hepatites Virais, Tuberculose, pereba, sarampo, catapora, bicho de pé, etc., tem aprovação imediata. Todos os projetos são aprovados na íntegra sem nenhuma restrição. Quando se trata de HTLV, aí o buraco é bem mais embaixo!
Não podemos aceitar patrocínio de laboratórios e os órgãos Estatais e Federais nunca têm dinheiro para nossos eventos. É um absurdo! Foi o nosso segundo grande evento cancelado por falta de financiamento. Mas o dinheiro está correndo solto para outras patologias!
Até quando isso vai continuar acontecendo??
Repudiamos essas atitudes. Queremos ter conhecimento de novos tratamentos e pesquisas que estão em andamento.
Sentimos vergonha desse poder público tendencioso, oportunista que só investe em algo que possa ter um retorno dos seus “comparsas” das Indústrias Farmacêuticas!!

Mas, para quem me conhece, sabe que não sou de aceitar derrota sem protesto. Já enviei e-mails a quem de direito, cobrando informações e demonstrando minha indignação.

Não podemos dizer “amém” para tudo! Temos que demonstrar nossa revolta, fundamentar nossas razões e argumentar. Só assim teremos alguma chance de mudar essa política de quinta que domina nosso País.

Vida que segue….

images É assim que o HTLV é “cuidado” pelos Gestores da Saúde Pública do Brasil

 

 

This entry was posted in Comunicado, Direitos, Eventos. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *