SAÚDE NA UTI, CORRENDO RISCO DE MORTE

Prezados amigos!

Estamos vivendo em “estado de guerra” com relação à saúde no Brasil. Tanto no sistema público quanto no privado.

A sensação e a situação são as mesmas vividas pelos “médicos sem fronteiras” nas zonas de guerra. Não temos profissionais suficientes, não temos material básico para atendimento, não temos leitos, não temos equipamentos, alimentos, medicamentos e, principalmente, hospitais em um estado razoável. Todos estão caindo aos pedaços. Então vamos parar de reclamar e começar a agir. É muito confortável jogar toda a culpa no Governo. Será que nós, enquanto cidadãos, estamos fazendo a nossa parte? Acredito que não.

Eu, Sandra Do Valle, jamais pensei em ver novamente o flagelo em que se encontra o País! Por todos os lados encontramos unidades de saúde deterioradas, pessoas morrendo no chão dos hospitais, filas de espera no IML para liberação de corpos, não tem álcool nas farmácias para comprar em pleno regresso do h1n1, e nem nos hospitais para higienização. Faltam vacinas básicas, gente!!!!! Um caos completo!

Como se não bastasse tanta desordem, patifaria e roubalheira, ainda ficam espalhando mensagens de “terror” nas redes sociais.

Não acreditem em quase tudo que falam, questionem, busquem a verdade e não deixem que o pânico tome conta de vocês.

Estou respondendo aqui, geral, aos e-mails que tenho recebido com “historinhas” que estão tirando o sossego de muita gente e, por tabela, o meu também!

Sempre digo, não tenho resposta para tudo, mas vou em busca de informações. Vocês também precisam aprender a navegar em nosso site e procurar informações no blog de perguntas e respostas (http://htlvperguntasrespostas.blogspot.com.br/). Lá tem o básico, com uma linguagem fácil de entender. É uma cartilha que foi elaborada pelos médicos/pesquisadores do INI/FIOCRUZ.

A verdade é que nenhuma instituição pública está aceitando “novos” pacientes portadores de HTLV, só se houver coinfecção (HIV-HV). O Rio de Janeiro fechou as portas para o HTLV. Caso alguém precise de consulta e/ou exame, só mesmo na rede privada. Só não posso dar indicação por uma questão de ética, mas temos excelentes Neuro-infectologistas que estão atendendo em seus consultórios.

Com relação ao lançamento da XVI Edição do Caderno de HTLV do Hemominas, segue o link da reportagem que foi feita sobre o evento: http://www.hemominas.mg.gov.br/banco-de-noticias/26-encontros/1191-hemominas-promove-minissimposio-e-lanca-livro-sobre-o-htlv

No mais, meus queridos, oremos para que toda e qualquer mudança nas três esferas governamentais, seja para tirar a saúde pública da UTI.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *