Apoio dos portadores de HTLV

Olá pessoas!!

Como podemos ver, com relação ao HIV as coisas também são demoradas. É bem verdade que o HTLV é jurássico. Sabe-se até que foi encontrada, na China, uma múmia milenar portadora do vírus HTLV. Mas, as pesquisas sobre o HIV estão anos luz a frente do HTLV.

Sabem de quem é a culpa????  A culpa é nossa, toda nossa. Nós, portadores do “dito cujo”, ainda não encaramos com seriedade o problema. Ainda nos envergonhamos em dizer que somos portadores de uma DST. Atitudes assim colaboram com o desinteresse dos médicos, pois eles não têm o apoio necessário dos pacientes. Colaboram para manter na obscuridade uma doença tão grave. Colaboram para que as autoridades governamentais nenhuma providência tomem, pois os mais interessados “não estão nem aí para a causa”. O pior de tudo, é que esta atitude ajuda o HTLV a se espalhar mais rápido do que “fogo de morro acima em mata seca”.

Considero tal atitude uma tremenda falta de caráter, egoísmo, COVARDIAAAA!!!

Desculpem-me pelo desabafo, mas depois de ouvir algumas respostas à minha convocação para a reunião do dia 17/11, perdi minha paciência e a tolerância foi junto.  Aí fiquei sabendo do avanço nas pesquisas em medicação para o HIV e caí na realidade. Se o HTLV não possui NADA, é porque os seus portadores não se unem para que alguma coisa SEJA FEITA. Seus portadores não querem “sair do armário”, preferem apodrecerem em uma cadeira de rodas ao invés de cobrarem soluções do poder público.

Confesso que ando esgotada de tanto ser cobrada pelos portadores mas, quando peço ajuda para nos reunirmos no sentido de construirmos um documento para que venha a público, as desculpas são as mais variadas possíveis, algumas até bem clichê. Para fazer o meu trabalho de cadastramento de portadores do HTLV para a VitaMóre, até ser acusada de utilizar um determinado espaço como “ponte”, eu fui acusada. Mas, como todos que me conhecem já sabem, quando se trata de defender a causa HTLV, não tenho “filtro social” e nem “engulo sapo”.

Gostaria de pedir um grande favor a você, que é uma figura pública, utilize sua visibilidade em prol da causa HTLV. Precisamos de alguém na mídia, que seja portador, para chamar a atenção sobre a questão. Quem sabe assim, as coisas comecem a caminhar?

O HIV chegou até aqui, graças a coragem de pessoas públicas  que não tiveram a vergonha de dizer que estavam contaminadas por uma DST. E na década de 80, o uso de preservativos não era tão divulgado como é hoje, era um artigo de “luxo”. E essas pessoas não sabiam o risco que corriam, mesmo assim “deram a cara a tapa”, encararam o preconceito, a rejeição, a discriminação, mas deixaram um belo legado.

Dia 1º de Dezembro, é o dia Mundial de Combate a AIDS. Alguém sabe como surgiu?  Não vou descrever aqui, mas vou deixar um link para que vocês leiam e reflitam sobre suas atitudes:

http://www.velhosamigos.com.br/DatasEspeciais/diaaids.html

Quem sabe um dia tenhamos uma data para o Dia Mundial de Combate ao HTLV ?
Abaixo, deixo outro link que vale a pena dar uma conferida.

http://www.rac.com.br/especiais/saude/2011/11/11/105450/laboratorio-privado-repassara-tecnologia-antiaids

Nos últimos dias recebi três convites distintos. O primeiro veio de São Paulo, para participar do I SIMPÓSIO PAULISTA DE HTLV de 02 a 03/12/2011; o segundo partiu diretamente da Dra. Anna Proietti, presidente do HEMOMINAS, para participar do ENCONTRO DO GRUPO INTERDISCIPLINAR DE PESQUISAS EM HTLV, em Belo Horizonte/MG, dia 07/12 e ou último partiu da FARMANGUINHOS/FIOCRUZ/RJ, para dar uma palestra sobre HTLV – NA VISÃO DO PORTADOR, no dia 1º de Dezembro, compondo a mesa com o Dr. Dirceu Greco, Diretor do Programa Nacional de DST/AIDS e Hepatites Virais.
Bom pessoas, a minha parte estou fazendo, mas diz um dito popular: ” uma andorinha só, não faz um verão”.

Abçs solidários,
Sandra do Valle

This entry was posted in Comunicado, Direitos. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *