S.O.S. Vitamóre

Olá  pessoas!!

O apelo que vou postar aqui é direcionado a sociedade civil e a todos os portadores do  HTLV que, a cada dia que passa, continuam aumentando e sofrendo  as conseqüências da falta de informação, fazendo com que mais e mais pessoas sejam infectadas.

A missão da Vitamóre é divulgar o HTLV para toda a sociedade civil e, principalmente, para os profissionais de saúde que continuam sem saber nada sobre o assunto, e erram perigosamente no diagnóstico e tratamento  da doença,  contribuindo para o avanço da infecção. Muitos portadores quando chegam aos ambulatórios de HTLV, já estão tão comprometidos que dificilmente o neuroinfectologista consegue conter a infecção, ou reverter a situação dele.

A visão da Vitamóre é trabalhar para a prevenção, distribuindo material informativo à população, dar palestras sobre o assunto e, principalmente, ajudar o portador, em todo o território nacional, a encontrar médicos especialistas e ambulatórios de atendimento para seu tratamento.

O Objetivo da Vitamóre é induzir o Ministério da Saúde  a criar políticas de saúde pública para o HTLV, incluir o HTLV na lista de Doenças de Notificação Compulsória, criar Leis que garantam os direitos dos portadores pois, o HTLV, é uma doença crônica, progressiva, degenerativa e incapacitante. Não existe portador “assintomático”, uma vez que o HTLV possui uma série de sintomas mascarados por outros diagnósticos. A questão é muito mais grave quando se trata de gestantes portadoras do vírus.  O exame para o HTLV não faz parte da rotina do pré-natal preconizada pelo Ministério da Saúde, por tal motivo, a transmissão vertical, de mãe para filho, é a nossa maior preocupação, pois está sem controle algum.

A VitaMóre ainda não possui nenhum tipo de apoio financeiro, nem mesmo dos portadores pois  os mesmos, já têm muitas despesas por conta da doença. A VitaMóre trabalha com recursos de sua Diretoria (utilizamos nossos cartões de crédito e até mesmo empréstimos bancários) para cumprirmos nossa missão. Eventualmente o Programa Nacional de DST/AIDS e Hepatites Virais, em Brasília, financia algumas viagens para que a VitaMóre se faça presente nos eventos  sobre HTLV em todo o país, aqui pelo RJ é difícil. Sabemos que a Presidente Dilma cortou boa parte da verba  da Saúde, principalmente para esse tipo de apoio. A questão é que, para confecção de material informativo,  ultimamente estou tendo muitas dificuldades em conseguir o apoio da Secretaria de Saúde do Estado do RJ,  quero acreditar que seja por falta de verba pois, para o HTLV não existe verba para confecção de material informativo,  apenas para o HIV/AIDS. Somos uma patologia negligenciada até mesmo pelos órgãos da saúde pública.

Bom pessoas, é o seguinte: A Vitamóre precisa de apoio financeiro urgente, para seguir em frente com seus objetivos, missão e visão. Podemos fornecer certificados de doação para ser deduzido do Imposto de Renda, nossa Associação está devidamente legalizada e “limpa”.
Se alguém quiser contribuir para a nossa causa, basta fazer um depósito no Banco Itaú – Agência  0059 – C/c 20463-6, e nos enviar o comprovante do depósito por e-mail, para que possamos fornecer o  recibo de doação.

Nossa luta é justa, honesta e transparente. Já que o Ministério da Saúde só nos faz promessas e não toma as providências cabíveis ao caso para conter a disseminação do HTLV, nós estamos fazendo a nossa parte.  Quem é portador ou convive com portador, conhecem bem nossas mazelas, dificuldades e falta de acolhimento.

Agradecemos aquele que teve a paciência em ler esse texto, agradecemos aquele que ficou incomodado com a nossa situação e agradecemos aquele que puder atender a nossa solicitação de doação.

Nós da Vitamóre, desejamos a todos um Natal de Paz e um 2012 com muita saúde!!!
Abçs solidários,
Sandra do Valle
Presidente.
This entry was posted in Comunicado. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *